domingo, 8 de julho de 2018

Filme: Vingadores: Era de Ultron


Título Original: Avengers: Age of  Ultron
Lançamento: 01 de maio de 2015 / 23 de abril de 2015 no Brasil
Duração: 2 horas e 21 minutos
Produção: Kevin Feige
Produtoras: Marvel Studios
Distribuição:  Walt Disney Studios Motion Pictures, Buena Vista
Roteiro: Joss Whedon, baseado em Os Vingadores de Stan Lee e Jack Kirby
Direção:  Joss Whedon  
Elenco: Robert Downey Jr., Chris Hemsworth, Mark Ruffalo, Chris Evans, Scarlett Johansson, Jeremy Renner, Don Cheadle, Aaron Taylor-Johnson, Elizabeth Olsen, Paul Bettany, Cobie Smulders, Thomas Kretschmann,  Anthony Mackie, Hayley Atwell, Idris Elba, Stellan Skarsgård, James Spader e Samuel L. Jackson
Nacionalidade: EUA
Gênero: Ação, Aventura e Ficção Científica
Orçamento: US$ 444 milhões
Bilheteria: US$ 1,405 bilhões (Novembro de 2015)
Nota: 7,9
Idade Recomendada: Não recomendado para menores de 12 anos

O diretor Joss Whedon

O Barão Von Strucker (Thomas Kretschmann) se apodera do cetro de Loki, e por consequência, de uma das poderosas jóias do infinito. Tentando proteger o planeta de ameaças como as vistas no primeiro Os Vingadores, Tony Stark busca construir um sistema de inteligência artifical que cuidaria da paz mundial. O projeto acaba dando errado e gera o nascimento do Ultron (voz de James Spader). Capitão América (Chris Evans), Homem de Ferro (Robert Downey Jr.), Thor (Chris Hemsworth), Hulk (Mark Ruffalo), Viúva Negra (Scarlett Johansson) e Gavião Arqueiro (Jeremy Renner) terão que se unir para mais uma vez salvar o dia. O filme tem um dos maiores orçamentos até então, graças ao sucesso do filme anterior e a um Universo Marvel muito maior do que antes. Isso permite que novos vilões, como o barão e Ultron, na voz de James Spader, possam ser explorados para fazer um filme mais complexo que o anterior. Jarvis (Paul Bettany) o assistente virtual de Tony Stark, agora ganha corpo no personagem Visão, que nasce da jóia da mente. Também somos agraciados com a luta entre o Homem de Ferro e sua armadura especial "Hulkbuster" e o gigante verde, controlado pela Feiticeira Escarlate. Nos créditos finais, Thanos aparece, já com a voz de Josh Brolin, colocando a Manopla do Infinito e dizendo que agora é com ele.









































Onde assistir: Telecine Play

Minha Opinião: É muito melhor que o primeiro, é claro. Loki aparece também, é claro, já que, como a Viúva Negra, tem de aparecer nos filmes da Marvel com frequência. Ele, por ser um dos melhores vilões do Estúdio e ela, por se destacar como a heroína feminina na maioria dos filmes da Marvel, como se não houvessem outras que pudessem ser exploradas no universo do Estúdio. Ultron aparece como um vilão que só pensa em destruir, apesar de sua Inteligência Artificial, que se esperava, tivesse um pouco mais de "Inteligência vilânica". Faltou sex apeal num dos melhores vilões da Marvel. O melhor do filme, fora as diversas cenas de ação, é o surgimento do Visão, interpretado por Paul Bettany e portando uma das Jóias do Infinito na testa. Hulk e a Viúva Negra parecem estar se envolvendo em um romance, já que só a heroína consegue acalmar o verdão. Soldado Invernal, na minha opinião, a sequência do Capitão América, foi melhor que a sequência dos Vingadores, mas, este é um filme muito importante como prólogo de Vingadores 3, com a presença de Thanos, finalmente! Nota: 8,0.


Assista ao trailer:




Filme: Capitão América 2: O Soldado Invernal


Título Original: Captain America: The Winter Soldier 
Lançamento: 04 de abril de 2014 / 10 de abril de 2014 no Brasil
Duração: 2 horas e 16 minutos
Produção: Kevin Feige
Produtoras: Marvel Studios
Distribuição:  Walt Disney Studios Motion Pictures
Roteiro: Christopher Markus e Stephen McFeely, baseado em Captain America de Joe Simon e Jack Kirby
Direção:  Anthony Russo e  Joe Russo  
Elenco: Chris Evans, Scarlett Johansson, Sebastian Stan, Anthony Mackie, Cobie Smulders, Frank Grillo, Emily VanCamp, Hayley Atwell, Robert Redford e Samuel L. Jackson
Nacionalidade: EUA
Gênero: Ação, Aventura e Ficção Científica
Orçamento: US$ 177 milhões
Bilheteria: US$ 714,3 milhões (Novembro de 2015)
Nota: 9,0
Idade Recomendada: Não recomendado para menores de 12 anos

Os diretores Anthony Russo e  Joe Russo
Dois anos após os acontecimentos em Nova York (Os Vingadores - The Avengers), Steve Rogers (Chris Evans) tenta se adaptar aos novos tempos, dedicando-se a trabalhar com a agência S.H.I.E.L.D. e  tentando se acostumar com o fato de que foi descongelado e acordou décadas depois de seu tempo. Em parceria com Natasha Romanoff (Scarlett Johansson), também conhecida como Viúva Negra, ele é obrigado a enfrentar um poderoso e misterioso inimigo chamado Soldado Invernal, que visita Washington e abala o dia a dia da S.H.I.E.L.D., ainda liderada por Nick Fury (Samuel L. Jackson). Neste instante, descobre que existe dentro da agência, uma grande conspiração, e parte para desmascarar o inimigo. É um verdadeiro filme de espionagem e conta com a presença de ninguém menos que Robert Redford, que interpreta o secretário de Defesa, Alexander Pierce. O filme apresenta um novo personagem dos quadrinhos: Sam Wilson (Anthony Mackie), o Falcão, que depois seria integrado aos Vingadores. Nas cenas pós-crédito, marca da Marvel, vemos um pouco da trama do próximo filme dos Vingadores,  "A Era de Ultron", cujo inimigo principal, é óbvio, é a inteligência artificial Ultron. Mas também teremos o barão Von Strucker (Thomas Kretschmann) que está de posse do cetro de Loki. Nas cenas também aparecem a Feiticeira Escarlate e o velocista Mercúrio, interpretados por Elisabeth Olsen e Aaron Taylor-Johnson.
































Onde assistir: Telecine Play

Minha Opinião: Tá ficando difícil de julgar qual o melhor filme da Marvel! Toda vez que assisto um, acho que ele é melhor que o anterior. E isso é muito bom, pois mostra o compromisso do Estúdio de evoluir sempre na qualidade de seu produto, investindo bastante nas cenas de ação, mas principalmente, no elenco de apoio. Geralmente, o chamado "filme de origem", que mostra a origem do super-herói é melhor do que sua sequência, mas no caso do Capitão América, em minha opinião, este é bem melhor que o primeiro, melhor que o terceiro Homem de Ferro, e só perde para o primeiro filme dos Vingadores, porque a trama foge um pouco do que se vê nos quadrinhos. Mas no fundo isso é bom, pois mostra um estúdio se preocupando, não só com um público fiel, mas se arriscando a trazer mais fãs para o Universo Marvel, que continua a crescer em número de heróis nos cinemas. Falando do elenco de apoio, a Viúva Negra (
Scarlett Johansson), o Falcão (Anthony Mackie) e seu amigo da década de quarenta, Sebastian Stan, o tal Soldado Invernal do título, arrebentam, literalmente, e fazem a alegria daqueles que, como eu, adoram as cenas de ação. Com relação ao Falcão, o uniforme se destaca, é realmente fantástico o que fizeram com o herói. Já a Viúva-Negra se tornou a eterna coadjuvante dos filmes da Marvel. Se fizerem um filme sem ela, exceto Os Guardiões da Galáxia, é claro, o público vai reclamar perguntando "Cadê a Viúva?". Pelo menos eu vou! Não vou nem falar das cenas pós-créditos, exceto que, na versão feita para o Brasil, aparece uma cena em que Rogers faz uma lista de coisas que precisa estudar, e entre elas, "Wagner Moura", "Ayrton Sena", "Xuxa" e "Mamonas Assassinas". Só não dou 10, porque nenhum filme é perfeito. Nota: 9,5

Assista ao trailer: